Processo e recursos

Foto de Stock.Adobe.com/it
  • Tempo: 15 minutos

O primeiro passo para si e para os seus colegas é familiarizarem-se com alguns conceitos-chave principais, como o significado da expressão “milhas alimentares”, o conhecimento da pegada de carbono produzida pelo transporte de produtos, mas também pela distância que percorremos para comprar os nossos alimentos, e como rastrear a origem dos alimentos.

Para o fazer, começa por ler os artigos nos links abaixo e, em seguida, preenche o quadro seguinte para resumir os principais conceitos-chave que adquiriste:

O professor pode fornecer links adicionais, se assim o entender.

  • Tempo: 10 minutos

Ótimo! Agora já estás mais consciente do impacto que o transporte de alimentos tem no ambiente e até já leste algumas dicas sobre como o podes reduzir!

Passemos à etapa seguinte!

Individualmente, escreve o conteúdo da tua lancheira.

Em seguida, deves informar-te sobre o local onde cada produto foi cultivado ou criado. Deves procurar rótulos ou autocolantes nos produtos frescos que informem sobre o país de origem ou especifiquem onde foram produzidos “Produzido em”.

Para alguns artigos, terás de pensar nos diferentes ingredientes que foram utilizados para os fabricar: – Vieram de países diferentes?

Numa cópia do mapa-mundo, tens de assinalar e escrever de onde vêm os teus alimentos e ingredientes.

  • Tempo: 20 minutos

Agora é altura de calcular quantos quilómetros percorreu a tua refeição! Vais calcular o total de quilómetros percorridos pela tua lancheira! Vais ficar espantado!

Podes utilizar esta ferramenta para te ajudar: http://www.foodmiles.com

Se ainda estiveres curioso, nesta ferramenta podes calcular a pegada de carbono de algumas frutas, legumes, carne, etc. que fazem parte da tua refeição: https://www.bbc.com/news/science-environment-46459714

Para concluir esta etapa, em conjunto com o teu professor, vais discutir o facto de muitos alimentos terem viajado milhares de quilómetros.

O professor pode perguntar, por exemplo: Consegues pensar nas razões pelas quais os alimentos viajaram tanto?

Discutam as razões e escrevam as vossas respostas no quadro branco.

  • Tempo: 10 minutos

Uma dica para reduzir as milhas alimentares é tentar comprar alimentos locais.

Para aprender onde e quando se pode encontrar alimentos locais nas proximidades, bem como quais os alimentos que se podem encontrar, o professor divide a turma em 3 grupos de trabalho aproximadamente iguais em termos de composição numérica (tigres, crocodilos e tubarões).

Na Internet, cada grupo irá investigar:

  • Tigres: Existe um mercado de agricultores ou uma loja de fruta e legumes perto de onde vive? Vendem produtos locais?
  • Crocodilos: Há alguma quinta por perto que venda ovos? Tomates? E leite?
  • Tubarões: A carrinha dos peixes vai à sua zona? Quando? Que peixes ou mariscos vende?

Para esta etapa, as ligações específicas serão fornecidas diretamente pelo professor, uma vez que esta atividade se baseia no contexto local (cidade de onde é originário).

Alguns exemplos para alunos de Portugal podem ser:

Anotem estas informações! Vais precisar delas para elaborar o teu folheto!

  • Tempo: 25 minutos

Muito bem, tu e os teus colegas estão quase a chegar ao fim deste WebQuest! A vossa última etapa consiste em desenvolver um folheto apelativo de 2 páginas, com as linhas gerais:

  • A importância de consumir produtos locais de forma a diminuir o impacto negativo que o seu transporte tem no ambiente
  • Informações sobre mercados de agricultores locais e lojas de fruta e legumes perto de ti
  • E não te esqueças de apresentar uma refeição que tenha poucas milhas alimentares!

Pode teres alguma inspiração e informação adicional, visita os seguintes links:

As vantagens de comprar produtos de origem local

Como é que as compras a nível local ajudam o ambiente?

A turma será dividida em dois grupos de trabalho:

  • O Grupo Vermelho encarrega-se da apresentação e da conceção gráfica do folheto e utiliza a ferramenta em Canva em www.canva.com para desenhar o folheto
  • O Grupo Azul escreve o conteúdo do panfleto.

Quando o folheto estiver pronto, podem expô-lo no átrio da vossa escola!